Somos uma agência de pesquisa nascida em São Paulo em janeiro de 2012. Nos últimos anos, conquistamos reconhecimento graças a insights valiosos e soluções práticas e claras. Combinamos o conhecimento íntimo do mercado brasileiro com nossa visão global. Graças a essas habilidades, somos capazes de conversar fluentemente com equipes de marketing de todo o mundo e também de identificar as nuances da cultura brasileira que só uma abordagem comparativa proporciona.

Mariana Newport

A Mariana tem experiência em pesquisa qualitativa em nível global e faz moderação em inglês e português. Para ela, a pesquisa de mercado permite descobrir insights novos de consumidores, que são decodificados para responder as dúvidas mais difíceis de cada negócio. Nos últimos dez anos, Mariana conduziu pesquisas para diversas indústrias incluindo tecnologia, mídia, cuidados pessoais, alimentação, farmacêuticos e serviços financeiros.

Antes da B.bright, Mariana trabalhou em várias empresas inovadoras, como a Intrepid, uma agência boutique de pesquisa de mercado em Londres; a Flamingo, uma companhia de pesquisa qualitativa especializada em projetos multimercado (também em Londres); e mais recentemente na FutureBrand São Paulo.

Em 2012, ela fundou a B.bright com o objetivo de oferecer pesquisa de consumidores de nível global aliada a uma compreensão profunda da cultura brasileira.

Mariana é bacharel em Política, Filosofia e Economia pela Universidade de York (Reino Unido), mestre em Política Latino-americana no Institute of the Americas em Londres.

Job Henrique Casquel

Job Henrique tem ampla experiência em pesquisa de mercado e tradução. Sua curiosidade e vontade de conhecer a fundo as pessoas motivam a análise profunda dos mais diversos temas. Em sua jornada na B.bright, trabalhou com projetos multi-mercado de diversos assuntos, tais como cuidados pessoais, bebidas, educação superior e até colchões e energia solar!

Antes de começar a sua carreira em pesquisa de mercado, estagiou em empresas de diversos ramos da comunicação, incluindo o núcleo de revistas femininas da Edtora Abril, até ir à Finlândia para fazer um intercâmbio. Em Helsinki, ele fez jornalismo internacional na prática e se apaixonou pela Escandinávia e pelos estudos de etnia e identidade. De volta ao Brasil, foi em busca de um trabalho no qual pudesse conhecer indivíduos e culturas, exercitar sua paixão por línguas estrangeiras e que oferecesse uma fonte constante de novos aprendizados. Por acaso, ele encontrou a B.bright!

Job é formado em jornalismo pela Universidade de São Paulo.